× Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Anderson Horizonte
"Não é o que você acredita. É o que você faz!"
Textos
Carta: Um pouco sobre Ela
O coração bate desordenado se há algo de errado com quem está ao teu lado.
Quer mudar o mundo para ver as pessoas bem.  Compra pra si quase todos os problemas, mesmo que a vida lhe retribua em edemas.
Serena e contida ‘uns’ dias por mês, mas a roupa que te cabe melhor, a tua maior virtude; é proteger, tomar iniciativa... A sua melhor qualidade; quem sabe, talvez, dentre tantas é ser sempre tão proativa!

As marcas que vem deixando em meu mundo serão difíceis de apagar; quando dirige nosso carro, coçando o nariz sem necessitar...
Ainda em nosso carro, mudo de rádio, de estações... é sério isso? Será se você sabe mesmo todas as canções? – pior que sabe! De Cindy Lauper a Los Hermanos, nunca saberão de ti, tudo o que eu sei ou tudo o que eu amo!

Antes de dormir sempre pesquisa, descobre o que pode; ‘não sei, não acho normal... de novo essa tosse’
Ehh, nossa filha está bem protegida, totalmente amparada, tem a mãe mais presente, a mais preocupada, ah, e também a mais bonita!
Nunca se importou com o preço, marca ou etiqueta, é... a humildade mora contigo, logo, comigo!
Sabe ouvir, sabe aconselhar, se te chamo pra sair, não preciso nem esperar.

Está sempre bem disposta e de mim, um passo a frente. Se eu preparo o riso... você já está contente!
Tuas sardas pintam um rosto que amo ver, amo sentir, tocar e cheirar, estas mesmas sardas que tu insiste em repudiar!
Hoje se arruma feito menina, mas amanhã se veste feito mulher. Às vezes te dobro e te ponho no bolso, mas quase sempre é por que você quer!

Viajar contigo, ver seus post, seu riso...
Nossa filha já é tão linda, fica ainda mais, quando você a arruma!
Puxou pra ti na personalidade, pois quase sempre quando ela cai – e damos risada –  do alto dos seus três anos, dispara: ‘isso nãooo tem graça nenhumaaaa’

Se te implicam, conspiram contra ti, corre pra mim pedindo amparo. Se me chateiam ou pisam na bola, é você quem me estende o braço!
Foge de vaga apertada pra estacionar, se eu prezo por som ambiente, você preza por sempre aumentar.
Ama liquidação, mas com o pé no chão, nunca foi impulsiva em gastar.
Troca a ‘noite’ por um filme, família... não foge ao fast-food, mas, também, quem fugiria?

Antes de sair quer sempre opinião, sobre; se a roupa combina ou a cor do batom.
O que você nos ensina; que a vida cobra, mas, também, retribui.
Basta escolher o que receberá dela, se paga ou restitui!
Me enche de perguntas... Detalha todos os assuntos... Pra muitos seria chato? Pra mim; nenhum absurdo!

Amo ouvir sua voz, suas histórias... seu dia, conte sempre o que quiser, isso soa pra mim, como melodia!
É tão bom te assustar, nem tanto quando é o oposto, devia ver sua cara vermelha, ou brava, não importa, tens sempre um lindo rosto!
Todas as canções que cantamos juntos, ou ao menos tentamos... Que nossa filha encontre o amor, assim como nós encontramos!

Mas de você, mesmo sabendo muito, quase não sei nada, querendo ainda saber de tudo. Mas se quiser, estamos aí... se topar ficar comigo por toda eternidade... tranquilo, não acho nenhum absurdo!
É, menina... pra concluir mais uma vez eu quero que saiba: sim, eu te amo e muito.
Obrigado por nossa vida feliz e animada, pelas conquistas, por nossa filha, pelas broncas e gargalhadas. Obrigado por tudo!

“A perfeição se vestiu de ‘você’, sentiu-se muito bem agasalhada, e em ti resolveu morar”

Feliz aniversário!    

                                                    por Anderson Horizonte 13.11.2017

P.S: Hoje, quase três anos depois de essa carta ter sido escrita – 13/07/2020 -, nessa singela prosa poética caberiam mais um bocado de caracteres sobre ti; umas poucas manias novas, um punhado de costumes velhos que não foram escritos... mas isso não é preciso. Giovanna, hoje, do alto dos seus 6 anos abrilhanta ainda mais nossa união, eu me atento para não queimar a língua – sobre o que eu sempre disse dos pais que acham que seus filhos são ‘especiais’ que tocam piano com o pé enquanto tocam violino com as mãos e falam duas línguas com 7 anos hahaha – graças ao bom Deus ela é uma criança saudável e alegre, com suas particularidades, costumes e manias, já daria pra eu publicar uma trilogia... mas vamos deixar pra que ela mesmo escreva rsrs.
Então, só pra reforçar, que o mundo tome nota; seguimos bem, muito bem, obrigado!


instagram @anderson_horizonte
Anderson Horizonte
Enviado por Anderson Horizonte em 14/07/2020
Alterado em 18/08/2020
Comentários